Nossa Idiotia e a Reserva de Segurança – Parte I

image

Nessa altura do campeonato, não há um entre nós que não tenha entendido que investimento é sinônimo de longo prazo e que, antes de aportarmos visando este longo prazo, precisamos ter formado uma reserva financeira/de segurança/de valor, para as infringências e aleatoriedades da vida, que SEMPRE ocorrerão!

Essa reserva de valor, que variamos entre 3 e 36 meses do nosso custo de vida, é determinada conforme nossas inclinações pessoais e estilo de vida. Eu, particularmente, me sentirei mais confortável com uma reserva de 15 meses de gastos mensais médios. (Hoje estou em 8 meses).

Pois bem, a palavra de ordem, dentro deste tema, chama-se (Caderneta de) Poupança, um lugar mágico, quentinho, descomplicado e tradicional, em que aceitamos, de bom grado, PERDERMOS DINHEIRO, dando uma parcela relevante dos nossos ganhos para o Estado, em forma de Inflação, para os bancos, em forma de dinheiro barato, e para a especulação imobiliária, por intermédio da alavancagem lícita sobre porcentagem desse montante.

Em resumo, gritamos: Venham e peguem meu excedente salarial após eu ter feito milagre, poupando uma grana, depois de quase 50% de impostos + Inflação galopante e façam suas fortunas sobre meus ombros!!!

Por quê?!

Por Idiotia, amigos! Tradição nenhuma há de ser forte o suficiente para sujeitar pessoas que se autoentitulam PEQUENOS INVESTIDORES a rasgar dinheiro dessa forma.

Para o bem e para o mal, o brasileiro acordou e passou a fugir desse engodo por dois motivos principais: 1- Custo de Vida Elevado, que obriga o trabalhador a utilizar mês a mês essa reserva para fechar as contas da casa; 2- A Ascensão de outros Instrumentos Financeiros mais aptos à está reserva de valor para eventualidades.

(instrumentos aptos perfeitos para proteger as reservas de segurança são aqueles líquidos – retiro quando quiser/precisar; seguros – protegidos e garantidos; e rentáveis – protegendo, ao menos, contra o terror da inflação petista. É evidente que a Caderneta de Poupança é imprestável nesse sentido. E se você aceita perder dinheiro teu e da tua família propositalmente, você é um idiota e não escrevo pra você!)

Então hoje, temos a poupança à míngua, e temos também, como não poderia deixar de ser, um Governo Populista que precisa desesperadamente desse dinheiro barato, e que, ao invés de aperfeiçoar esse veículo, resolveu, na base da canetada, piorar as qualidades de seus concorrentes.

Mas essa medida, por hora, é inócua. Não precisamos nos submeter a Poupança de novo, não precisamos sermos cordeirinhos gentis do sistema. Ele próprio nos apresenta soluções, que apresentarei num próximo post por pura preguiça de continuar hoje.

Qual instrumento financeiro apto vocês andam utilizando como reserva para o curto prazo, amigos? Abraços!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s